************

** By ROBERTO CHRISTO **

terça-feira, 26 de abril de 2016

A Farsa do Banco Itaú Personnalité


Este banco não faz jus ao nome! É impessoal e mantém gerentes que são indelicadas com clientes cuja trajetória de parceria ultrapassa 17 anos. Ou seja, desde quando era Bank Boston, uma instituição respeitável. O amadorismo do atendimento de um banco que se diz voltado para um público especial, me assusta. O time da gerência remota do Personnalité não sabe o que é "cliente". Este seria o princípio básico do segmento. Esta seria a conduta certa para o nome que deriva do francês: personalidade.

Além de tudo, o processo de "digitalização" deste banco, na verdade, coloca seus clientes para efetuarem todo o trabalho. O auto atendimento só é vantagem para o banco que se exime de suas responsabilidades. A campanha é uma farsa além de estimular o ensino incorreto da língua portuguesa, escrevendo digital com a letra "u".

Recentemente, eu tive um problema com o banco e não consegui nenhum apoio do banco. Não moveram uma palha para me ajudar! Alegaram que a culpa e responsabilidade eram totalmente minhas, pois a solicitação fora feita pelo auto atendimento do internet banking. Tal problema causou o uso indevido do meu limite de cheque especial e o banco continua a cobrar os juros abusivos, diariamente. Desgostoso, revoltado e me sentindo lesado, eu procurei uma maneira de minimizar o prejuízo, uma vez que o banco se exime em 100% da responsabilidade e afirma que seu sistema/aplicativo é perfeito e jamais cometera alguma falha.

Não consegui que o banco reduzisse a cobrança dos juros, muito menos houve alguma tentativa da gerente e sua equipe. Resolvi analisar a legislação do Banco Central e os bancos são obrigados a isentarem seus clientes de taxas de manutenção de conta mensal, já seria um custo a menos. Porém, o banco Itau Personnalité só isenta no caso do cliente manter uma aplicação de R$ 150.000,00 com eles, assim como me informou a Srtas Sara e Fabiana, da gerência remota. Até eu que sou leigo em economia percebo a farsa. Eu questionei a aplicação da regra e o time da gerência remota disse que a regra se aplica somente ao varejo????? do Itau. Como assim? O banco não é um só? O número do banco para qualquer seguimento não é o 341? Por que o Banco Central permite isto?

Durante a crise da resolução, achei absurdo pagar uma mensalidade de quase R$ 80,00 por um serviço pífio, bem como me indignei com a indelicadeza da chefe geral da gerência remota, Sra Adriana Pazeto, que além de despreparada é mal educada com aqueles que não mantém investimentos no banco, portanto não merecem ser atendidos (Ela reclamou que estava dando muito trabalho ao banco. Tenho uma gravação disto que postarei, em breve). Enfim, cheguei a conclusão que ou você contribui com os altos lucros do Itaú Personnalité ou será tratado como um rato... pior, este banco é como um esgoto, seus clientes são tratados como dejetos.

Vejam a prova que o auto atendimento digital é uma farsa, pois beneficia somente o banco que não precisa mais prestar serviço ao cliente.
Resposta do Banco Itaú Personnalité que demonstra que o auto atendimento é uma armadilha para o cliente que acaba por assumir toda a responsabilidade das ações bancárias.

quarta-feira, 30 de março de 2016

Ouvindo Estrelas


Como contar a história de uma solitária criança de rua, abandonada, sem limar o brilho, a inocência e a pureza do momento pueril humano?

Só assistindo "Ouvindo Estrelas".

A peça, primeiramente, destinada ao público mirim (digo isto, pois os crescidos também se emocionam) é uma infusão da leve e doce fantasia infantil à realidade adulta envolta às agruras do mundo.

Aqui, estamos falando de um mundo que nos faz de testemunhas insensíveis daquilo que nos é apresentado o tempo todo, mas não enxergamos. Inclui-se ali o lixo e o tesouro. Somente então, nos damos conta de algo chamado emoção.

Só assistindo "Ouvindo Estrelas" adultos e crianças são capazes de sentir a força real, as vezes cruel, do nosso folclore traduzido em frases feitas, canções históricas e brincadeiras da nossa cultura. A partir delas chegamos ao âmago de uma mensagem sustentada por três pilares:

a. A democracia do amor: Não importa quem, onde ou quando, mas o amor, mesmo saindo do imaginário, pode curar qualquer ferida. Afinal, ele é a energia das energias! No espetáculo os personagens exalam e sobrevivem alimentados pelo amor.

b. A atemporalidade da fantasia: Não há como negar, a fantasia não é um privilégio só das crianças, ela acompanha o ser humano do começo ao fim. Afinal, a fantasia acaba por dizer muito da verdade que todos procuram. No espetáculo somos submetidos ao real efeito das tradicionais fantasias, através dos personagens que analisam nossos ditados e frases feitas. Indo da frivolidade à consistência.

c. A presença do elemento transcendental está em todos nós: Que me perdoem os discordantes! Mas, religiosos, supersticiosos, crentes... mesmo os céticos, agnósticos, ateus e afins... todos nós vivemos submersos em crenças metafísicas, ainda que não tenhamos consciência disto. O espetáculo nos apresenta o lúdico como o irmão gêmeo do transcendental.

Notem que tal processo de percepção só me foi possível graças à genialidade do texto, ao sensível trabalho dos atores e dos demais aspectos que criam a atmosfera cênica.

Enfim, mesmo que minhas palavras possam demonstrar alguma complexidade da obra, o espetáculo não é nada denso ou difícil de digerir! Do contrário, é tocante e gostoso de vivenciar. Sejam para cabeças infantis, adultas ou sem estes rótulos chatos.

Um aviso importante. Minhas considerações sobre esta peça podem soar piegas, mas garanto que a "PH Cia de Teatro e Circo" através do "Ouvindo Estrelas" foi capaz de extirpar qualquer neutralidade, frieza ou distância de seus espectadores, pois quem vai ao teatro não só assiste ao espetáculo, mas o vive. Asseguro que isto é notório a partir dos diversos ângulos e mentes que o experimentam!

A peça está participando do Festival de Teatro de Curitiba e volta à São Paulo para as apresentações finais nos dias 02 e 03 de Abril, às 11:00 no Teatro TOP - Rua Rui Barbosa, 201 - Bela Vista.

Produção: PH Cia de Teatro e Circo
Texto e Direção: Francisco Alves
Com Kelly Lima e Marcelo Sales

Consulte preços especiais para grupos escolares de crianças através do email: ouvindoestrelas.reservas@gmail.com

ROBERTO CHRISTO

terça-feira, 22 de setembro de 2015

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Gisele will be always the unique Gisele


I decided to write this text in English just because there is a word that can not be translated to my native language (Portuguese)! The word is grief. The other day I was talking to my friend Karina, who is my mentor for several subjects and also for English, saying about the intrinsic meaning of this word... and three weeks later I'm living this feeling.

You know when you have a pet who is more person than a pet? At this moment I only have Nicole, but one day ago they were two! Yes! My beloved Gisele (this name because she was a skinny, blonde, gorgeous Whippet and looked like Gisele Bündchen) passed last morning. She was a young lady, but a special one who built up her mission in this life and passed to continue living her lovely way.

Gisele, you are my daughter! Someone who (permanently) occupies part of my heart! I love you sooo much, be happy and keep always connected to me.

Lots of love from your daddy, 
Roberto









quinta-feira, 21 de maio de 2015

Mantra OM MANI PADME HUM


OM MANI PADME HUM que soa como OM MANI PEME HUNG é o mantra do Budismo que significa "da lama nasce a flor de lótus".

Recitar este mantra é transformar o corpo impuro de suas palavras ou mente, no puro e no louvado. É abençoar com a energia positiva ou a energia de Deus (respeitando, aqui, a maneira individual de crer) o  corpo, a palavra. É rezar, mentalizar, meditar por um mundo melhor para todos. É ajudar os animais a reencarnarem em níveis mais elevados. É seguir o caminho da mente de Buddha.

OM - A primeira sílaba. Recitá-la o abençoa para atingir a perfeição na prática da generosidade. Elimina o orgulho.
MA - Ajuda a aperfeiçoar a prática da ética pura. Liberta do ciúme e da luxuria.
NI - Ajuda a atingir a perfeição na prática da tolerância e paciência. Consome os desejos
PAD - Ajuda a conquistar a perfeição na prática da perseverança. Acaba com a ignorância.
ME - Ajuda a conquistar a perfeição na prática da concentração. Liberta da pobreza e da ganância, e nos leva ao ponto ótimo.
HUM - Ajuda na conquista da perfeição na prática da sabedoria. Elimina a agressividade e o ódio.


terça-feira, 17 de março de 2015

Geison Ferreira e Ana Maria Saad filmam nova série




É com grande satisfação que tenho acompanhado o "making of" da nova série ficção da produtora Pensamentos Filmados. Como é de costume dos diretores Ana Maria Saad e Geison Ferreira, a nova produção se preocupa com o tema "mais amor social e uma maior auto estima"

Tive um acesso parcial ao roteiro e o mesmo me pareceu diverso na essência, não deixa "brecha" para qualquer tentativa de maniqueísmo e nem pende mais para um lado. Senti que o espectador é que decidirá com o que ou quem vai se identificar. Há conflitos, relação de poder, disputas embasadas em moral ou na visão jovem de encarar a vida. Aliás, a energia da juventude é o que exala com mais força! Uma juventude com a cara de São Paulo, com milhões de formatos e que mesmo vivendo as dificuldades dos percalços da vida, um dia acabará em harmonia.

Em conversa com o Geison Ferreira me surpreendi com a nova proposta apresentada pelo diretor, também coach nessa realização, de criar com muito esmero e dedicação um interessante e novo processo de preparação de seus atores. Outra surpresa foi saber que o elenco conta com a grande e competente Alejandra Sampaio e a novata, mas cheia de talento e beleza, Carolina Tartilas. 

Mal posso esperar pelo resultado! Louco para ver.

Sorte para todos! Sorte para os queridos Geison e Ana!





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...